Domingo, 16 de Janeiro de 2022 18:36
83 991878740
Cotidiano ACIDENTE

Motorista suspeito de atropelar e matar servidor público se apresenta à polícia, em João Pessoa

O motorista relatou que teria cochilado enquanto dirigia e não teria ingerido bebida alcoólica.

12/01/2022 10h22
Por: Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O motorista suspeito de atropelar e matar o servidor público Adriano Fidelis se apresentou na Central de Polícia Civil, em João Pessoa, nesta terça-feira (11). De acordo com informações da polícia, o motorista do veículo é argentino, tem 40 anos e presta serviço a uma locadora de veículos. O acidente aconteceu no dia 1º de janeiro, na Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, principal via do bairro de Tambaú.

Em seu depoimento à polícia, o motorista relatou que teria cochilado enquanto dirigia e não teria ingerido bebida alcoólica.

Caso Adriano Fidelis: perícia em carro na Central de Polícia de João Pessoa — Foto: Phelipe Caldas/g1Perícia em carro

No dia 6 de janeiro, a Polícia Civil da Paraíba começou a investigar se um Onix Plus de cor cinza é o carro envolvido no acidente que resultou na morte de Adriano Fidelis, servidor público da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

De acordo com o delegado Luís Cotrim, tudo começou depois de uma denúncia anônima, que indicava o carro como o do acidente e dizia que ele estava numa oficina mecânica do bairro da Torre para ser reparado. A Polícia Civil, então, agiu rápido e rebocou o veículo para a Central de Polícia de João Pessoa.

O carro está com o lado do passageiro bastante danificado, principalmente a parte da frente, apresentando amassados e partes de lataria arrancadas.

O perito encontrou também o documento do carro. Trata-se de um veículo registrado em Belo Horizonte, pertencente a uma locadora de veículos nacional que tem filial em João Pessoa.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias