Quinta, 28 de Outubro de 2021
83 991878740
Cotidiano ATENDIMENTO

Hospital de Trauma amplia atendimento para tratar sequelas da Covid-19 na Capital

O agendamento pode ser feito por meio do telefone, ligando ou mandando mensagens via aplicativo.

07/10/2021 18h12
Por: Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

As pessoas que testaram positivo para covid-19 e que já passaram pelo processo de internação em unidades de saúde, por conta da doença, podem agendar o atendimento no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, após ampliação do atendimento do Ambulatório. O serviço é direcionado aos pacientes de toda grande João Pessoa e o agendamento pode ser feito por meio do telefone (83) 99880-2011, ligando ou mandando mensagens via aplicativo, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

De acordo com o diretor geral da instituição, Laecio Bragante, existem vários estudos clínicos que recomendam acompanhamento médico mesmo após a recuperação da doença.

“Ampliamos o nosso ambulatório para que todos que precisem de acompanhamento tenham um lugar adequado para ser consultado. É observado que com o passar do tempo as infecções por coronavírus podem trazer muitos outros problemas, além dos que já conhecemos, por isso os pacientes que recebemos no hospital passam por um acompanhamento personalizado, com exames de imagem e laboratoriais realizados no próprio complexo e visto posteriormente pelo médico”, explicou.

O médico responsável pelo ambulatório, Felipe Almeida, esclareceu que os pacientes são atendidos por hora marcada, sem necessidade de espera. “Desenvolvemos uma logística para que os pacientes do ambulatório não necessitem aguardar muito tempo, por isso ele é consultado, encaminhado aos exames, e posteriormente é marcado pelas enfermeiras plantonistas o retorno. Lembrando que não existe número máximo ou mínimo de consultas, enquanto for necessário o acompanhamento médico o paciente retorna à instituição via marcação”, ressaltou.

Felipe Almeida frisou que os atendimentos visam minimizar complicações de outras doenças que podem ser afetadas pelas sequelas do Covid e desde sua inauguração já foram mais de 400 pessoas atendidas. “Com o alto número de pessoas que já tiveram a doença, começam a surgir as sequelas pós-Covid que, caso não sejam investigadas e tratadas adequadamente, podem render sérias complicações”, frisou.

Um dos pacientes atendidos no ambulatório é o técnico em telecomunicações, Ernane de Almeida Silva, 37 anos. Ele passou 28 dias internado no Hospital de Trauma. Desses, 24 dias foram na Unidade de Terapia Intensiva – UTI/Covid-19. Ele realizou três retornos no ambulatório pós-covid e agradeceu o acolhimento recebido na instituição.

“Tanto na minha internação quanto agora fui sempre muito bem tratado. Cheguei a ter 95% de comprometimento pulmonar, mas graças a Deus e aos atendimentos realizados estou curado e já voltei a realizar meus exercícios físicos diários. Gratidão a toda equipe que lutou por minha vida”, finalizou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias