Segunda, 27 de Setembro de 2021
83 991878740
Política DECISÃO

Ministro do STJ mantém prefeito paraibano afastado do cargo

Sandro Môco é acusado de fraudar a locação de veículos para gestão municipal e de pedir propina para contratação de shows na região.

15/09/2021 11h35 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O ministro Rogerio Schietti Cruz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), manteve o prefeito eleito de Camalaú, Sandro Môco (PSDB), afastado do cargo.

O tucano pediu que a Corte Superior anulasse os efeitos do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), que a pedido do Ministério Público Estadual acatou a denúncia e determinou o afastamento do gestor da função pública e decidiu que ele poderia ser preso caso descumprisse a medida.

Sandro Môco é acusado de fraudar a locação de veículos para gestão municipal e de pedir propina para contratação de shows na região.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias