Segunda, 27 de Setembro de 2021
83 991878740
Cotidiano SERVIÇO

UFPB oferece tratamento pós-Covid gratuito na Capital

A pesquisa envolve um tratamento respiratório e neuromodulador.

14/09/2021 19h05
Por: Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vão realizar tratamento gratuito para pacientes que estão sofrendo com efeitos pós-Covid. Os atendimentos ocorrerão no campus de João Pessoa e no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita. Para ser atendido, é necessário falar com os coordenadores do projeto pelo WhatsApp 83 98769 4314 ou pelo Instagram @laben.ufpb.

Desenvolvido em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba e com pesquisadores estadunidenses, o projeto “Continuar Cuidando” é coordenado na universidade pelos laboratórios de Estudos em Envelhecimento e Neurociências (Laben) e de Fisioterapia em Pesquisa Cardiorrespiratória (Lafipcare), ambos no Centro de Ciências da Saúde (CCS).

A iniciativa envolve uma equipe multidisciplinar formada por neurologistas, radiologistas, fisioterapeutas e nutricionistas, para prestar atendimento no caso de dor, fadiga ou outro efeito que persiste em pacientes que tiveram a doença. Além de terem assistência por meio de exames e avaliações, os pacientes serão convidados a fazer parte de um estudo sobre um tratamento inovador para minimizar os efeitos da Covid-19 a longo prazo. A pesquisa envolve um tratamento respiratório e neuromodulador.

De acordo com a coordenadora do Laben, professora Suellen Andrade, qualquer pessoa que tenha sido diagnosticada com Covid-19, independente de ter sido tratada no hospital ou em casa, pode agendar uma avaliação. “Os interessados podem entrar em contato a partir da próxima semana. Nossa proposta é seguir com o projeto por um ano”, disse.

“Vamos testar os efeitos de um tratamento associado envolvendo a estimulação neural e estimulação respiratória para tratar as sequelas da Covid. Assim, nossa equipe fará uma anamnese (entrevista conduzida pelo médico em consultório) e encaminhará o usuário aos locais específicos para realizar exames e o auxílio que será pertinente”, explicou a Profa. Suellen Andrade.

A iniciativa conta com a parceria da Soterix Medical, empresa de neuroestimulação dos Estados Unidos. A equipe envolvida no projeto faz parte do Hospital Metropolitano e dos Departamentos de Fisioterapia e de Nutrição da UFPB. Também participam o Dr. Marom Bikson, da Universidade da Cidade de Nova Iorque, e o Dr. Benjamin Hampstead, da Universidade de Michigan, além do próprio CEO da Soterix, Dr. Abhishek Datta.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias