Segunda, 24 de Junho de 2024 06:54
83993941578
Política TECNOLOGIA

Procuradoria-Geral do Estado inicia utilização de Inteligência Artificial

O SPA é parte do projeto de modernização e expansão que vem sendo implementado pela atual gestão na PGE-PB.

08/06/2024 06h01 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação
Foto: reprodução
Foto: reprodução

Dentro do Projeto de Modernização da Gestão Fiscal do Estado da Paraíba (PROFISCO II PB), em conjunto com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), a Procuradoria-Geral do Estado da Paraíba (PGE-PB), vai iniciar na próxima segunda-feira (10), às 8h, o uso do Sistema de Processos Automatizados (SPA), como forma de modernizar, agilizar, e também colocar a PGE-PB no patamar da Inteligência Artificial, já utilizado pelo Poder Judiciário e pelo Ministério Público, e que vai auxiliar na eficácia das atividades da Procuradoria e na prevenção das ações do contencioso.

O SPA é parte do projeto de modernização e expansão que vem sendo implementado pela atual gestão na PGE-PB, que tem como procurador-geral do Estado, Fábio Andrade Medeiros, e vai garantir um melhor acompanhamento dos processos judiciais e administrativos, porque está sendo desenvolvido exclusivamente para atender as demandas da Procuradoria, garantir uma total integração com os tribunais e demais órgãos de fiscalização e controle. Além disso, vai facilitar as cobranças e execuções, contribuindo para o aumento de arrecadação do Estado.

O projeto de implementação do SPA está sendo coordenado pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ-PB) junto com a PGE-PB, Secretaria de Planejamento e Controladoria Geral do Estado (CGE) e vem sendo conduzido em parceria com a Coreplan Gestão e Tecnologia, empresa especializada no desenvolvimento de soluções inovadoras para Procuradorias. O sistema não apenas automatizará processos, mas também utilizará inteligência artificial para otimizar a gestão de peças e pareceres, entre outras funcionalidades essenciais.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias